Desabamento de Prédio

Desabamento de Prédio

Advogado Henrique Guimarães, especialista em direito do consumidor fala ao Bahia Record sobre o desabamento…

Advogado Henrique Guimarães, especialista em direito do consumidor fala ao Bahia Record sobre o desabamento do prédio em pernambués.



Transcrição da Entrevista: Desabamento de Prédio

Tempo total da entrevista: 04:59 minutos


Apresentadora: Boa noite. O menino André Moura, de oito anos, que foi uma das vitimas do desabamento de um prédio no bairro de Pernambués teve alta hoje de manhã.


A irmã dele Cecília continua internada mais passa bem.


Apresentador: E quem perdeu tudo por causa do acidente luta agora pelo direito ter o prejuízo reparado.


Repórter: Nesta terça-feira maquinas da prefeitura trabalharam na área do desabamento. A retirada dos escombros de Pernambués deve durar pelo menos três dias.


Jilmar tinha um apartamento no edifício que caiu, para comprar o imóvel por R$ 90.000,00, vendeu a casa onde morava e agora vive de aluguel.


Entrevistado 1: Eu não seu ainda, não mantive contato com os donos da imobiliária e da construtora e não sei como será a minha vida.


Repórter: Por enquanto prejuízo?


Entrevistado 1: Só prejuízo e aluguel até Deus sabe quando, estamos a Deus dará.


Repórter: O edifício desabou no ultimo sábado, três pessoas morreram, duas crianças ficaram feridas, os imóveis seriam entregues um dia depois da tragédia, agora 16 famílias vão ter que adiar o sonho da casa própria.


De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, todas as vítimas têm direitos, mesmo os vizinhos que não tinham apartamentos no edifício. O prejuízo deve ser pago pela construtora.


Henrique Guimarães: Todo aqueles que foi vítima mesmo sem relação contratual também tem o mesmo direito de ser indenizado e poderá pleitear em juízo uma ação indenizatória, em face da construtora e incorporadora que deverá responder por todos os prejuízos que causou aos adquirentes e aos vizinhos.


Repórter: A lei garante ainda mais, este advogado explica que tudo o que foi perdido tem que ser reparado.


Henrique Guimarães: O direito do consumidor tem entre os seus princípios o principio da reparabilidade integral, vale dizer que não só aqueles prejuízos advindos da relação contratual, comprei o imóvel e o imóvel pereceu e eu tenho direito ao imóvel, não apenas isto.


Todo aquele prejuízo que vier advindo deste sinistro, deste acidente de consumo ele há de ser indenizado.


Apresentador: Desde o acidente muita gente em Pernambués perdeu o sono, principalmente quem mora em apartamentos construídos pela mesma empresa responsável pela obra do prédio que caiu.


Apresentadora: Hoje a perícia técnica fez uma perícia no local para descobrir quais foram as causas do desabamento do imóvel, outras construções da área também foram verificadas.


Repórter: Durante á tarde técnicos da prefeitura vistoriaram o muro desta obra em frente ao local da tragédia. A preocupação agora é com as edificações ao redor que podem ter sofrido abalos com a queda do prédio no ultimo sábado.


Arimar mora a um ano neste imóvel construído na mesma rua pela empresa responsável pelo prédio que caiu, ele disse que dorme preocupado e vai pedir junto com os vizinhos uma avaliação técnica no local.


Entrevistado 2: Nós vamos fazer aqui uma perícia independente do que aconteceu pelo impacto que teve no dia do acidente, todos os moradores querem ter uma tranqüilidade com relação ao prédio.


Repórter: A casa de Adilson também foi feita pela mesma construtora e ficou danificada com o desabamento do prédio, o carro do funcionário público acabou sendo atingido pelos escombros, mas os prejuízos podem ser ainda maiores, porque o imóvel dele corre o risco de ser saqueado.


Entrevistado 3: A área está cheia de restos de obras e o pessoal da área está invadindo para retirar estes restos de obras. Eu estou ficando na casa durante a noite, estou negociando com o pessoal que está invadindo o espaço para que eles não invadam a minha propriedade, fiquei ontem á noite conversei com eles para que não fizessem nenhum tipo de ação na minha propriedade e foi um tipo de acordo que fiz com o pessoal.


Repórter: Pela manhã fiscais do CREA e o Departamento de Polícia Técnica estiveram no local para fazer uma perícia. O laudo deve ficar pronto dentro de um mês, o escritório virtual da construtora Marques e Lima LTDA, responsável pelas edificações tem endereço neste prédio na região do Caminho das Árvores, mas funciona em esquema de escritório virtual.


A construtora aluga esta sala para exercer as atividades, a Polícia quer saber que tipo de material foi usado na obra e se houve erros nos cálculos de engenharia, os responsáveis vão prestar depoimento ainda nesta semana.


Entrevistado 4: Nós vamos ter condições de preparar um conjunto probatório que irá nos dizer realmente quem é o culpado e qual a sua participação no evento em que culminou com a morte de três pessoas vitimando mais duas crianças.


Na seção das nossas “Áreas de Atuação” você encontra links que direcionam para todas as áreas atendidas pelo escritório da Henrique Guimarães Advogados Associados. Visite as seções desejadas, como: Advogado de Direito do Consumidor, Advogado Bancário e Financeiro, Advogado para Direito Penal Empresarial, Advogado para Processos Administrativos e Judiciais e Advogado para Organização Financeira da Empresa.



Publicado por Henrique Guimarães Advogados Associados

Deixe seu comentário


Envie uma mensagem...