Venda errada de remédio termina em indenização para idoso

Uma venda errada de remédio resultou em uma indenização de R$10 mil, por danos morais, a um idoso que recebeu um remédio diferente do solicitado. O cliente Ilion de Sá, passou mal um dia depois da aquisição do remédio, que tem venda controlada.


A decisão foi do Tribunal de Justiça do Rio, que esclareceu que o idoso só percebeu a troca quando passou mal. O cliente recebeu uma ligação do farmacêutico alertando sobre o erro, após o mal estar.


Venda errada de remédio

A drogaria alegou que a culpa pela troca teria sido do cliente que não reparou a troca e ainda disse que as cores dos medicamentos são bem diferentes. Mas para o desembargador relator Adolpho Corrêa de Andrade Mello Júnior, a falha foi na prestação do serviço.


Fonte: G1 Globo


Caso ainda tenha dúvida sobre Danos Morais e Indenizações entre em contato diretamente conosco da Henrique Guimarães Advogados Associados pelo Fale Conosco ou nos ligue.


Envie uma mensagem...