Greve dos Bancários e Correios

Greve dos Bancários e Correios

Herique Guimarães, Advogado Especialista em Direito Civil e do Consumidor, fala ao telejornal Bahia Record…

Herique Guimarães, Advogado Especialista em Direito Civil e do Consumidor, fala ao telejornal Bahia Record sobre Direitos dos Consumidores nas Greve dos Bancários e Correios, em 27/09/2011.


Apresentadora: Pois é Juca temos duas greves de serviços importantes, a dos Correios e a dos Bancos.

Apresentador: Os trabalhadores estão corretos em reeinvidicar os direitos. O problema é que a população sempre acaba prejudicada com estes movimentos de paralisação.


Apresentadora: Quem nos fala mais sobre o assunto ao vivo é o repórter Diego Barros, boa noite Diego. Como os consumidores podem ser ressarcidos de eventuais prejuízos provocados pelas greves?


Repórter: Boa noite Carol e a todos que acompanham o Bahia Record. Olha vai ter que correr atrás para não ficar no prejuízo, mas que vai dar algumas dicas para nós sobre como fazer isto é o advogado especialista em direito do consumidor, Henrique Guimarães.


Boa noite, seja bem vindo ao Bahia Record, duas greves que mexem bastante com a população. Correios não estão entregando as mercadorias e também as faturas que precisam ser pagas nos Bancos, por sua vez os Bancos não estão pagando algumas coisas por que não tem o serviço.


O que fazer nesta hora tão difícil? Boa noite.


Henrique Guimarães: Boa noite Diego, o que o consumidor deve fazer, primeiro ele tem que ter em mente que o problema das greves dos Correios e dos Bancos não foi um problema gerado por ele consumidor, logo ele não poderá ser penalizado por isso.


Porém não deve adotar postura passiva, deve buscar os credores na busca de soluções alternativas, por exemplo, caixas eletrônicos, segunda via de boletos, pagamentos por internet, por telefone, por correspondentes bancários como lotéricas, agências que se encontram também dentro de supermercados com objetivo de solucionar o problema.


Se o credor não apresentar uma solução ele não poderá ser penalizado com os encargos.


Repórter: E o que fazer se uma fatura for muito alta, por exemplo, de um prédio que está em construção e você tem um apartamento e paga a cada seis meses R$ 3.000,00, R$ 6.000,00, não dá para pagar no caixa eletrônico e se paga na boca do caixa e o que se faz então?


Henrique Guimarães: Deve buscar o credor para que o credor apresente uma solução, a falta de solução ele não poderá ser penalizado.


Repórter: Falando sobre a greve dos Correios, por exemplo, comprei pela internet e não chegou, está tudo atrasado o que eu posso fazer para não ficar no prejuízo e correr atrás disso ai?


Henrique Guimarães: Olha, se aquela sua mercadoria tinha prazo para entrega e aquele prazo não foi cumprido e lhe gerou um prejuízo o consumidor tem todo o direito de demandar através de uma ação judicial aqueles prejuízos que sofreu para ser ressarcido integralmente.


Repórter: Mediante a greve Henrique, o que as empresas podem fazer? Elas são obrigadas a dar alternativas para o consumidor, por exemplo, passar uma fatura via fax, por e-mail como o senhor também falou, ela é obrigada a fazer este serviço?


Henrique Guimarães: Olha o interesse do pagamento ele é comum. O pagamento é um direito do credor e ao mesmo tempo é um direto do devedor de se livrar daquele débito, então ambas as partes devem buscar uma solução para resolver o problema. O consumidor como a parte mais fraca se o credor não apresentar uma alternativa ele não poderá ser penalizado.


Repórter: Ok Henrique muito obrigado pelas informações e voltamos aos estúdios do Bahia Record.



Publicado por Henrique Guimarães Advogados Associados

Deixe seu comentário


Envie uma mensagem...